Leitores do Blog se manifestam, indignados, pela insegurança no Morumbi

Leitores deste Blog (que bateu seu recorde de visitação ontem, sexta-feira), postaram mensagens diversas. Algumas delas nos chamaram a atenção. Vale lembrar que reproduzimos as mensagens na íntegra, sem qualquer alteração e não concordamos, necessariamente, com todo o conteúdo postado. Mas, por se tratar de um espaço democrático, reproduzimos à seguir e informamos que o jornal Planeta Morumbi estará presente na Passeata da Paz, promovendo cobertura do evento, no dia 28.

Mensagem enviada pela leitora Audrey Rollo:

“Aproveito este espaco e relato 3 lamentaveis situacoes que defrontei nos ultimos 6 meses na regiao em que resido (Panamby – quadrilatero do Parque Burle Marx);

No primeiro epsodio, descia a pe a Rua Dep. Laercio Corte para realizar uma caminhada no Parque B.M., ate ser surpreendida por uma moto com dois elementos que me furtaram, a mao armada, meu unico objeto, o celular..
No segundo caso, saia de carro do Extra Supermercado (saida Marginal/Mc Donalds)com minha mae. Um rapaz, tambem de moto, num cenario de caos urbano onde todo o transito se encontrava parado e a vista de inumeros motoristas ali presentes, se pos a frente do meu carro e apontou a arma em minha cabeca, nervoso exigia que eu descesse o vidro do carro e entregasse o meu laptop, celular, etc..e mais uma vez, fui alvo de outro assalto.
E finalmente (e espero que o ultimo) o recente caso, quando chegava de Cumbica, a caminho de casa. O ocorrido foi na Rua Mario Vatanabe esquina com a Rua Dep. Laercio Corte (novamente). Nao havia completado uma hora de retorno ao Brasil e ja sofria outro trauma da criminalidade e violencia urbana. Cincos delinquentes desceram de um onibus a minha frente e dois deles armados ameacavam aos berros com revolveres em punho, aos chutes e batidas, que saisse do carro. Me abaixei e acelerei, sem levar em conta o risco que estava correndo. Neste momento nao tive quaisquer reacoes de panico e medo. Fui impulsionada por um sentimento de revolta.
Estamos entregues literalmente a marginalidade.
Na delegacia, onde sou ja sou freguesa, a propria autoridade policial que lavrou outro b.o., confirma que pouco podem fazer contra a bandidagem, pois sao laureados pelos “DIREITOS HUMANOS”.
A sociedade brasileira tem acompanhado o aumento da violencia e da criminalidade, impotente, e observa a ausencia de respostas por parte da Justica, que necessita de uma grande reforma para o enfrentamento do crime e das altas taxas de impunidade.

Encontro-me a disposicao para reverter este quadro de inseguranca do bairro do Morumbi e entorno. Audrey Rollo”

Mensagem enviada por Beto Filho:

“Não critico a iniciativa, acho até louvável, mas infelizmente os bandidos que andam a solta por aí, riem da nossa cara e destas passeatas porque eles não querem saber de paz, querem mais é tomar o que é nosso pela violência e se preciso matam por nada, como se fôssemos uns insetos.
Fui morador do Morumbi há uns 10 anos atrás, e estava até pensando em voltar, inclusive estava vendo um apto para comprar , quando fui vítima há cerca de um mes de sequestro relâmpago ao lado do condomínio Quintas, às 3 hrs da tarde, foram 2 hrs de terror com 3 marginais, que após saques, compras e ameaças, levaram também meu carro. Resumo, desisti do imóvel e do bairro.
Infelizmente a situação ficou insustentável no bairro, e ficou impossível termos uma vida normal, enquanto perdurarem essas nossas leis frouxas, que só beneficiam a bandidagem enquanto aguardamos passivamente quem será a próxima vítima.
Precisamos sim atitudes mais radicais, mais barulhentas sei lá, como fazem os argentinos.
Quem sabe o exército nas ruas, e dentro dessa “Paraisópolis”, tenho certeza que iria melhorar um pouco pelo menos. Porque sair todo mundo usando roupinha branca e pedindo paz pra bandido num domingo de sol !!! Conta outra vai, segunda feira tá tudo igual…. Beto Filho”

Mensagem enviada por Ed Yoshiok:

“Com certeza estarei na praça vinicius de moraes com minha familia, so assim poderemos nos unir cada vez mais na nossa proteção. Ed”

Mensagem enviada por Fernanda:

“Chega de horror, precisamos nos unir,  moro na rua deputado laercio corte, e todos os dias vejo de minha janelas, bandidos agindo na maior cara de pau, a qualquer hora do dia…..nossa esquina ja recebeu o nome de ladeirao do horror e do desepero de muitas pessoas que foram atacadas, ou melhor, ainda continuam sendo atacadas. A policia passa, volta, para, mas eles atacam nas horas em que as viaturas saem para dar um giro no bairro, o que parece e que tem espioes informando qual e o momento certo para atacar novamente. Nao saimos mais as ruas, estamos prisioneiros com hora para retornar as nossas casas…… a esquina e a curva que eles pegam as pessoas, sao locais que o motorista necessita de atencao para cruzarem e ainda para entrarem com calma ….nesta hora e que eles pegam as vitimas sem do e muitas vezes levam juntos, pois e so entrar a direita e poucos metros os mesmos ja entram na favela……necessitamos de ajuda, estamos pedindo socorro…ate quando ficaremos refens destes marginais, vamos todos nesta passeata a procura de ajuda das autoridades…..abracos Fernanda….”

Comentário de Silvia Telles:

“Parabéns Henrique, o Planeta Morumbi sempre engajado nos bons movimentos. A propósito de um dos comentários, não queremos pedir Paz para os bandidos, para eles queremos cadeia. A Paz é para nós e estamos reivindicando este direito para as autoridades. Silvia T”

Comentário de Viviane Ribeiro:

“moro perto da praça Armando Trompovsky. Sabemos de um assalto por semana e temos que pagar a segurança particular além de todos impostos e estamos proibidos de fechar a rua pela prefeitura para os bandidos poderem assaltar sossegado! A melhor solução é murar a ‘Paraisopolis’ com portões, como na época medieval, e revistar a entrada e a saída, pois eles correm para lá depois do assalto e somem… ninguém faz nada…
Mas, somos nós que estamos colocando arames em nossas casas e morando como presos desarmados… mas eles sempre armados… quando vai melhorar?”. Viviane Ribeiro

Comentário de Wilton Lima:

“A todos que adoram esse bairro como eu, que moram nele, que trabalham nele ou simplesmente utilizam seus restaurantes, seus shoppings ou a praça Vinicius de Moraes. Os bandidos tomaram conta de tudo. Vamos reagir. Todos lá . Domingo , dia 28/08 as 10:30h. Praça Vinicius de Moraes. Wilton”

Comentário de Paula:

“Parabens pela iniciativa do grupo. Acredito sim nas manifestações e com o apoio da MIDIA para os eventos e que conseguiremos chamar a atenção das autoridades. Visto que só a Mídia intimida o poder público. Mas acredito que enquanto tivermos 4 a 5 saidas em um quarteirão para dentro das comunidades o poder policial não conseguirá manter a segurança da Avenida. DIMINUIR as entradas e depois colocar vigilancia ostensiva sim daria resultado. Rua Bloqueadas por favelas e várias entrdas são usadaspr fuga dos assaltantes e os moradores a merce dos bandidos. Prefeitura e governo estão querendo que o Morumbi chegue ao nível de bandidagem do Rio, sem controle e trazendo panico para os proprios moradores das comunidades. Luta e Denuncia contra o Descaso do Governo e da força policial. Parabems ao Grupo pela LUTA. não é e nunca será em Vão.”

Anúncios

3 pensamentos sobre “Leitores do Blog se manifestam, indignados, pela insegurança no Morumbi

  1. MENSAGEM ENVIADA POR VIVIANE disse:

    moro perto da praça armando trompovsky sabemos de um assalto por semana e temos que pagar a segurança particular além de todos impostos e estamos proibidos de fechar a rua pela prefeitura para os bandidos poderem assaltar sossegado!A melhor solução é murar a paraizopolis e portões como na época medieval e revistar a entrada e a saida pois eles correm lá pra depois do assalto e somem ninguém faz nada…
    Mas somos nós que estamos colocando arames em nossas casas e morando como prêsos desarmados mas eles sempre armados quando vai melhorar!

  2. forcinforcin@hotmail.com disse:

    30/08/11 Estive na passeata. Foi organizada, não tomou vias publicas,contou com grande numero de jovens e crianças.Espero que o abaixo assinado ajude algum parlamentar a criar lei que seja mais severa quanto a homicidios, roubos, estupro etc.Hj tem bandido reclamando que tem que roubar muito mais do que precisa pq tem que pagar a semana de maus policiais, investigadores e delegados.Resumind: um monte de bandido com ou sem farda e só uma fonte de recurso….o pobre cidadão desarmado brasileiro.

  3. Marco Forcin disse:

    Parabens pela iniciativa. Espero que surja resultado.Ainda acredito que a educação de todos, e a punição exemplar para bandidos (com /sem farda) é o caminho mais curto para amenizar tal situação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s