Deu na VejaSP: Paraisópolis vê surgir uma elite ávida por produtos e serviços típicos do Morumbi

Com um par de óculos Ralph Lauren no rosto e uma bolsa Louis Vuitton nos braços (“Legítima, viu?”), a corretora de imóveis Helena Santos, de 50 anos, é o perfeito retrato da transformação de Paraisópolis, a segunda maior favela de São Paulo, circundada pelas casas nobres do Morumbi, na Zona Sul. A região, na qual ainda predominam a pobreza e a informalidade, tem presenciado a ascensão de uma elite que se alimenta de produtos light, usa perfumes importados, compra roupas de grife, viaja de avião e investe no próprio sorriso. Clique aqui para matéria completa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s