Após queda na Copa do Brasil, torcida picha muro do Morumbi

Após a eliminação do São Paulo para o Avaí pelas quartas de final da Copa do Brasil, os muros do estádio do Morumbi amanheceram pichados com mensagens de protesto.

Os principais alvos da torcida são-paulina foram o técnico Paulo César Carpegiani, o presidente Juvenal Juvêncio e o próprio elenco.

As frases ofensivas eram variadas, como “Carpegiani burro”, “Time de Pipoca” e “Time sem-vergonha”. O São Paulo foi eliminado da Copa do Brasil após perder para o Avaí por 3 a 1, fora de casa, na quinta-feira à noite. A equipe havia vencido o primeiro jogo por apenas 1 a 0.

Após a eliminação, o técnico Paulo César Carpegiani foi criticado pelo meia-atacante Rivaldo, que ficou no banco de reservas e não participou da partida. “É uma vergonha um time como o São Paulo ser eliminado pelo Avaí”, disse Rivaldo, afirmando que sentiu humilhado pelo treinador. “Estou triste, foi humilhação do treinador para com a minha pessoa. Poderia ajudar muito, estou triste”, disse. “Com todo o respeito àqueles que entraram, mas eu poderia ter entrado. Não preciso passar por isso, mas estou tão feliz com a torcida do São Paulo, que pede sempre a minha entrada e me aplaude que não penso nisso [rescindir o contrato]”, completou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s