G1 faz teste de direção no “ladeirão” do Morumbi

Apesar de habilitados, muito condutores têm dificuldades para sair de ladeiras. Em São Paulo, alguns bairros como Pompéia, Perdizes e Morumbi são conhecidos por suas ruas íngremes que desafiam a habilidade dos motoristas. Para mostrar na prática qual a melhor forma de encarar esse desafio, sem desgastar demais as peças do carro, oG1 convidou o instrutor de pilotagem, Roberto Manzini.

Uma das ladeiras escolhidas foi a da Rua Francisco Thomaz de Carvalho, no Morumbi. O local é utilizado pelo instrutor de pilotagem para o teste final de condutores que procuram o curso de aperfeiçoamento de direção. “Depois das aulas teóricas e algumas práticas em ladeiras menores fazemos nessa rua a última prova, pois além da grande inclinação, temos lombadas e semáforos, que dificultam ainda mais a subida.”
A primeira dica é lembrar que é a força do motor (torque) que vai vencer a ladeira. “Para isso, tem que saber a hora certa de soltar o pedal da embreagem. Não é difícil, mas requer um pouco de treinamento.” O condutor pode escolher puxar o freio de mão ou apenas utilizar a embreagem. Mas se não fizer da forma correta, em ambos os casos, pode desgastar excessivamente as peças, principalmente queimar a embreagem.

A utilização do freio de estacionamento é indicada para quem tem muita dificuldade. Ao puxar a alavanca, posicione os pés no pedal da embreagem e do acelerador. Solte lentamente o pedal da embreagem até sentir o carro trepidar. Neste momento, o motorista deve acelerar o carro gradativamente e assim que ele se projetar para frente soltar o freio de estacionamento e retirar o pé da embreagem.

Já a saída apenas com o pedal da embreagem requer mais habilidade. O motorista precisa soltar a embreagem aos poucos, mas também irá utilizar o pedal do freio. Enquanto o pé esquerdo está na embreagem, o pé direto fica pressionado no pedal do freio e com o calcanhar ou a lateral do pé o motorista acelera até sentir que o carro está pronto para sair e então o condutor solta o freio e a embreagem, nesta ordem.

Apesar de alguns mitos, Manzini afirma que segurar o carro em uma ladeira com o pé na embreagem não é prejudicial, desde que o veículo esteja totalmente parado. “O que queima a embreagem é ficar acelerando e segurando o carro, indo para frente e para trás. Se o motor ficar roncando significa que a embreagem está sendo queimada.”

De acordo com o instrutor de pilotagem, a tendência mundial é que o pedal do lado esquerdo acabe com o tempo. “Não é que a embreagem vai acabar, mas daqui alguns anos teremos carros somente automáticos ou automatizados, sistemas que usam o gerenciamento eletrônico da embreagem.” Clique aqui para asssistir ao vídeo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s