Posto Ale da Luiz Migliano age com atitudes estranhas

Abastecemos o veículo Tucson do Jornal Planeta Morumbi no Posto Brasil 500 – Ale, localizado na Rua Dr Luiz Migliano, 580 (próximo ao Cemitério da Paz), São Paulo (SP) em 12/02/2010, às 11h40. O tanque, quase vazio, foi completado com gasolina aditivada. Logo em seguida, a alguns metros do posto, sentimos que o veículo perdeu sua força. Por ser automático, verificamos que solicitava somente as marchas 1a e 2a, sem qualquer força.

Imediatamente retornamos ao Posto Brasil 500 e solicitamos que retirasse o combustível, pois o veículo apresentava muita diferença em seu rendimento normal. Incapacitados de retirar o combustível no próprio Posto 500, o gerente se prontificou em levar o veículo em uma oficina de sua confiança e realizar o serviço. Estranhamos, pois um teste de qualidade teria que ser feito imediatamente ali, naquele local, em nossa presença, o que não foi feito ou, sequer, oferecido.
Algumas horas depois, retiramos o veículo da oficina escolhida pelo Posto Brasil 500, com pouco menos de 1/4 de gasolina no tanque e nos dirigimos imediatamente a um posto Texaco, na Guilherme D Villares. Completamos novamente o tanque e percebemos  que a potência do veículo imediatamente voltou ao normal. A oficina, por ser de confiança do Posto, prontificou-se em encaminhar o combustível ao Posto Brasil 500 e assim o fez.
Quando procuramos o citado Posto, uma semana depois, para ressarcimento do valor gasto com o combustível, tivemos uma surpresa: o gerente se negou a devolver o dinheiro e, pior, afirmou que a gasolina retirada do veículo não era a gasolina abastecida no Posto Brasil 500 (sendo que o próprio gerente levou o automóvel até sua oficina de confiança). Disse ainda que a oficina não retirou toda a gasolina do veículo, devolvendo apenas 20 litros.
Um absurdo, claro! Uma história com um fim previsível e aparentemente premeditado pelo Posto, talvez na possível tentiva de ocultar um provável combustível de má qualidade. Informaram que fizeram um teste e que aquela gasolina não era a colocada no automóvel.
Restaram-nos então, além da indignação, algumas dúvidas: É normal isso? Por que não fizeram o teste no momento que retornamos reclamando da potência do motor? Por que não tiraram um único litro do combustível do automóvel na hora e fizeram o teste em nossa frente??? Por que não realizaram, na hora, um teste com o combustível da bomba do posto?
O caso já foi encaminhado à Ouvidoria da Distribuidora Ale Combustíveis, com cópia para a ANP – Agência Nacional de Petróleo -,  e estamos aguardando providências.
.
Resposta da Distribuidora Ale de Combustíveis ao jornal Planeta Morumbi, em 19/02:

Agradecemos o seu contato e interesse em relação à nossa empresa. Recebemos, através do canal FALE CONOSCO, uma manifestação relacionada ao posto Centro Automotivo Brasil 500, localizado na rua Luiz Migliano, no bairro de Jardim Morro Verde, em São Paulo-SP. Gostaríamos de esclarecer que a ALE tem absoluto e total comprometimento com a qualidade dos produtos e serviços fornecidos aos consumidores e que, em razão de sua filosofia de ética e responsabilidade, não mede esforços para que os postos de sua bandeira apresentem o mais alto patamar de qualidade possível. Informamos que o estabelecimento em questão possui um histórico bastante positivo em relação à ALE, de idoneidade inquestionável, sem nenhuma inconformidade identificada até então dentro do nosso programa de Controle de Qualidade. Contudo, em função do relato informado pelo senhor, estamos encaminhando a nossa equipe de técnicos e químicos que farão uma análise do combustível presente no posto, afim de confirmar as informações e tomar as medidas que forem cabíveis ao caso. Aproveitamos a oportunidade, ainda, para convidá-lo a estar presente no ato da análise, juntamente com a nossa equipe, como demonstração transparência e seriedade dos processos que pautam a ALE Combustíveis. Caso o senhor possa aceitar o convite, pedimos informar a sua disponibilidade para ajustarmos o horário da visita ao posto em questão. Gostariamos de agradecer a sua manifestação, pois o posicionamento do nosso cliente é, sempre, imprescindível para que possamos desenvolver um trabalho cada vez melhor. Atenciosamente, Ale Combustíveis S.A.

Resposta de nossa redação à Ale Combustíveis:
Boa tarde. Obrigado pela atenção, mas acreditamos que o teste deveria ser feito no momento da reclamação, no proprio posto. Que garantia temos, agora, dez dias depois, que o combustível que será examinado é o que estava no tanque do automóvel em questão? A nós não interessa o resultado do teste, neste momento. Informamos apenas que, após abastecer o carro em outro posto, o problema do carro foi imediatamente solucionado. Não há teste que nos prove o contrário. Obrigado.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Posto Ale da Luiz Migliano age com atitudes estranhas

  1. João Pedro Gonossi disse:

    Engraçado que tive o mesmo problema de perda de rendimento do motor, com abastecimento no mesmo Posto Ale.

  2. Maia Araujo disse:

    Parabéns a equipe do Jornal Planeta Morumbi por essa excelente prestação de serviço aos moradores e frequentadores do bairro!
    Obrigado!
    Maia Araujo

  3. Claudia disse:

    Srs,

    Comigo além do combustível de má qualidade, ainda tive o cartão debitado por duas vezes. Complicado!

  4. José Maria Andrade Brandão disse:

    Olá. Também tive o mesmo problema ao abastecer em um posto Ale na cidade de Bragança Paulista, no dia 18/02/2010. Tenho um Peugeot 307 SW e, assim que abasteci R$50,00, o carro perdeu a força e apareceu no computador de bordo: “Defeito no sistema anti-poluição. Levei o carro na concessionária Peugeot e lá me disseram que o problema estava na gasolina. Por ser um carro europeu, qualquer gasolina de má qualidade pode causar problemas. Não sei se acontece com toda bandeira Ale, mas o posto existente perto da rodoviária de Bragança Paulista está com sua gasolina adulterada. O problema é que moro em Campinas e não penso em retornar lá para protestar, mas minha dica é: Evitem o Posto Ale. Pode ter um preço mais acessível, mas o barato sai caro!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s