Justiça manda Morumbi Shopping indenizar vítima de atirador

Segundo informou O Globo, a Justiça condenou, em segunda instância, o Morumbi Shopping de São Paulo a indenizar mais uma vítima do ex-estudante de medicina Mateus da Costa Meira. Os desembargadores determinaram que a engenheira Andréa Cury Lang, baleada no glúteo em 3 de novembro de 1999, durante a exibição do filme “Clube da Luta”, seja indenizada em 50 salários mínimos (R$ 23.500 em valores de hoje).
O processo, porém, encontra-se parado na Justiça porque o advogado de Andréa, Álvaro Benedito de Oliveira, entrou com embargo de declaração, contestando o acórdão. Ele considera que há dois réus no processo: o Morumbi Shopping e o Grupo Internacional Cinematográfico e, por isso, pede que os dois envolvidos sejam intimados a pagar o valor da indenização.

O advogado Álvaro de Oliveira afirma, em sua apelação, que o shopping responde por crime de consumo porque o cliente paga para entrar no cinema do shopping. Em primeira instância, o pedido de indenização havia sido negado.

Em uma nota à imprensa, o Morumbi Shopping afirma ter conhecimento da decisão do Tribunal de Justiça. No entanto, por entender que se trata de um fato atípico, imprevisível e inevitável, vai recorrer da sentença. Ainda de acordo com a nota emitida pelo shopping, havendo condenação com decisão definitiva, o estabelecimento fará o pagamento no prazo legal. Veja matéria completa clicando aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s